Mídias Sociais
Facebook: canal de vendas ou de relacionamento?

Compartilhe agora =)

Rate this post
Facebook: canal de vendas ou de relacionamento?

Muitas empresas procuram as agências para contratar o serviço de marketing digital com uma expectativa de varejo, de aumentar as vendas ou o ticket e etc. Porém, o marketing digital vai muito além disso. Um grande exemplo são as próprias plataformas digitais que sempre estão em constante transformação, podendo criar novas necessidades que exigem uma posição imediata de mudanças das empresas o tempo todo.

 

Mas afinal, qual ajuda o Facebook pode me oferecer se não for a venda?  Esse canal é vasto, e vendas é apenas uma das possibilidades que você pode ter a partir do gerenciamento da sua fanpage. É preciso ter muita calma, o caminho até o objetivo esperado é um pouquinho maior do que se imagina!

 

Segundo Cláudio Torres, em seu livro a Bíblia do Marketing Digital (NOVATEC 2009), produtos em si não estão nos primeiros planos de nossas buscas. Buscamos diversão, informação e relacionamento nas mídias sociais.

 

Por isso, sempre temos que ver a plataforma do Facebook como meio de relacionamento com o cliente e pensar em vendas como o bom resultado da conquista de um cliente. Mas de que forma posso me relacionar?

 

Ser visto e ser presente é o primeiro passo!

Em 2010 pesquisas já apontavam que 70% das pessoas preferiam fazer o contato com empresas pelas mídias sociais. Você deve estar pensando: “Ah, então as empresas devem investir muuuuito nisso!”. Na realidade, apenas 7% das empresas achavam relevante o uso das mídias sociais para o relacionamento com o cliente, segundo pesquisas feitas no mesmo ano.

 

O cliente não vai confiar logo de cara no seu serviço/produto, é preciso conquistar a confiança dele. Mais do que nunca, você, junto com a agência, precisa encontrar oportunidades e soluções para o problema que o cliente está passando.

 

É o trabalho de um bom Social Media tornar a sua marca autoridade nas mídias sociais e abordar conteúdo rico. E quando falamos em conteúdo rico não é apenas discorrer sobre benefícios do produto/serviço na fanpage, é investir em argumentos essenciais, pensar em situações problema, entender como seria a dificuldade sem o produto e demonstrar o verdadeiro valor da informação para o seguidor. Ou seja, proporcionar uma experiência completa para que seu cliente não migre para o seu concorrente.

 

Sendo assim, podemos afirmar que conquistar desde o início é mais saudável para o relacionamento do que reconquistar um ex-seguidor da fanpage.

 

O que estão falando da sua marca nas mídias sociais?

Sempre fique atento, a falta de presença na sua fanpage ou até a falta de disposição no atendimento, pode ocasionar comentários ruins e a credibilidade da sua empresa pode ir por água abaixo.

 

Mesmo depois de ter conquistado seu cliente, peça frequentemente avaliações por meio das postagens. Esse feedback pode orientar estratégias futuras e até reconstruir aquele planejamento feito lá do início, lembra?

 

Mas calma, elogios virão e eles também não podem de jeito nenhum serem esquecidos! Publicar o elogio do cliente na fanpage e incentivar que outros seguidores comentem também, mostra que a empresa se preocupa com a opinião dos clientes. Essa atitude vai fazer sua empresa criar uma fidelidade e experiência que vai ficar marcada para o cliente.

 

Não é como antigamente que as empresas disponibilizavam um 0800 para contato e tinha todo aquele processo demorado que você precisava esperar na linha ouvindo aquelas músicas – nem um pouco agradáveis – por horas até chegar finalmente em um atendente. Agora o relacionamento tem que ir além, sua empresa tem que estar integrada aos assuntos e interesses da vida do cliente.

 

É o interesse que move a ação espontânea da venda!

Chegamos no processo de otimização, sua fanpage está produzindo conteúdo, informações que agregam o produto/serviço, soluções para as necessidades do dia a dia, atende e responde comentários dos seguidores. Mas como isso pode realmente te levar à venda?

 

Quando sua empresa já está nessa etapa, é sinal de que o seu público entende que sua marca é autoridade no segmento, porque você detém o conteúdo que envolve aquele mundo. Quando ele for comprar algo relacionado, o primeiro nome que virá em mente é a sua marca! E se, após a venda, o atendimento manter a qualidade, o cliente irá compartilhar a sua postagem espontaneamente. E às vezes nem sua empresa pode prever onde pode chegar essa multiplicação espontânea.

 

Quer um exemplo? Aqui na Mango atendemos a Dentalclean, empresa que trabalha no segmento de higiene oral (creme dental, gel dental, fio dental, enxaguante bucal e etc). Quando eles entraram na agência a grande missão era tornar um conteúdo extremamente técnico em uma linguagem leve e atrativa. Com o gerenciamento de mídias e todo o planejamento de inbound marketing, as solicitações de pedidos dos dentistas aumentaram e o número de acessos na página de orçamento cresceu, saltando da posição de 8° lugar para o 2° lugar em apenas 3 meses de trabalho (veja mais detalhes do case aqui).

 

Um seguidor da sua fanpage é mais do que um consumidor, porque ele não só consome. Ele reage, comenta, critica, compartilha… Ele se relaciona com sua marca! É uma pessoa que quer ouvir o que você tem a dizer, que se identifica e quer reconhecer o valor de um conteúdo relevante!

 

Quer entender mais sobre criação de conteúdo? Venha conhecer o Inbound Marketing de uma forma mais divertida: entenda o que é e como funciona a partir de uma história real.

Compartilhe agora =)

Comente aqui!

Postagens relacionadas

Comentários (2)

Nossa, amei o texto! Me ajudou muito tirar essa dúvida. Obrigada, Juliana por escrever tão bem

Que bom que gostou Camila! Também amamos o seu feedback <3

Comente aqui